Translate

quinta-feira, 22 de março de 2012

EU CRISTÃ E ELE É MUÇULMANO



É o seguinte pessoas, eu havia criado um post com a narração de um teólogo cristão dando seu ponto de vista em relação a união entre uma mulher cristã e um homem muçulmano e observando bem o texto ( Graças a abordagem racional de uma leitora muçulmana ) eu cheguei a conclusão de que os comentários dele não servem como base verídica para esse fato, uma vez que ele coloca o Islam como uma religião cruel e intolerante.. Pois bem, eu acabo de DELETAR o tópico em questão e vou começar a refazê-lo aqui com todas as informações viáveis que realmente desvendam esse mito de que no Islam não são aceitas mulheres cristãs como esposa para os seus seguidores...

Para começar o assunto,gostaria de relatar aqui a minha experiência pessoal, ja que eu me casei cristã evangélica e pessoalmente não tive problema algum com relação a posição religiosa de meu esposo... Ele continuou em sua fé, respeitando as minhas idas aos cultos, meus hinos dentro de nossa casa e as minha expressões em que eu invocava o nome de Jesus em alta voz sempre que algo bom ou ruim nos ocorria. 

Meu marido chegou a me acompanhar aos cultos, fomos juntos as reuniões por diversas vezes, mas admito que por em certas ocasiões eu me sentia embaraçada porque muitas irmãs frequentavam os cultos de mini blusas, dançavam no púpto, usavam sainhas curtas com polaina e muitas nem se tocavam que enquanto elas subiam ao púpto todos os presentes podiam ver nitidamente as patas dos camelos gravadas em suas calças jeans...(w) Isso tudo aborrecia demais o meu esposo, ja que no Islam não é bom que se escute músicas, muito menos que se promova espetáculos nos lugares santos de oração e principalmente se uma mulher que se titula " mulher de Deus" aparece diante de vários homens mostrando suas partes em roupas que as deixa completamente evidenciadas ... Ele saia da igreja muito inconformado e isso me trazia muita tristeza, muita vergonha mesmo!!... Foi então que decidi, a pedido dele,procurar uma igreja cristã tradicional e foi então que passei a frequentar a Congregação Cristã no Brasil que é uma igreja mais séria, onde as mulheres se senteam separadamente dos homens e até cobrem suas cabeças enquanto permanecem na presença de Deus... 

Meu marido jamais se interferiu em minha fé ou em minha conduta religiosa, apenas me dizia que se lamentava por saber que após a morte já não poderíamos mais seguir juntos... pois eu era cristã e a nossa fé distinta iria nos separar após esta vida.

De qualquer forma eu jamais deixei de lado a minha fé em Jesus Cristo, confesso que após 9 anos de casamento eu ainda sigo com muitas dúvidas em relação a alguns pontos expressos no cristianismo como por exemplo o fato de uma pessoa ter que se reverenciar a algo ou a alguém antes de falar diretamente com Deus. o Islam definitivamente não acredita que aquele homem  pregado na cruz era Jesus e pra eu fazer a minha shahada ( a reversão completa ao islam ) eu preciso acreditar nisso de uma forma muito intensa... 

Com tudo, permaneço 50% cristã, porém, foi estudando o islam que aos poucos estou me sentindo bem confusa em relação a trindade... O meu conceito se modificou e por mais que eu tente abraçar a idéia de que existe mais que 1 Deus, não ando mais conseguindo digerir isso e confesso..... sou uma cristã que já não sabe mais até que ponto chega a consistência da própria Fé que outr'ora era inabalável :-( Por isso que estou pendente para o lado do islam... mas eu tenho muito medo de dar um passo errado... Temo pela minha salvação porque a vida aqui acabará muito cedo e o dia do julgamento me espera ... De qualquer forma eu garanto que o meu esposo não me obrigou a ler o alcorão ou estudar os livros islãmicos, fiz isso por minha vontade e curiosidade. Meu esposo sempre amou e reverenciou a Jesus assim como eu o amo, embora nunca o teve como um Deus sempre fazia questão de deixar claro toda sua admiração por ele. Mas qdo fui estudar o Islam eu fiquei bem confusa e hoje posso dizer que to mais voltada ao Islam e seus ensinamentos do que para o cristianismo... acho que não sou nada, sou uma estudante mesmo, pois antes de se jogar de cabeça em qualquer religião precisamos antes de tudo nos preocupar com o destino de nossas almas e também temos que fazer tudo de coração quando nos colocamos diante de um compromisso com Deus. A verdade é que Deus conhece nossos princípios e a real intenção de nossos corações.

Enfim pessoas.... a verdade é que um homem muçulmano pode se casar com uma mulher cristã sim ta bom!!! Os direitos das esposas judias e cristã foram estabelecidos na lei islâmica, sendo assim, elas podem praticar sua religião livremente e vivem tranquilas, sabendo que seus  profetas  são honrados pelos muçulmanos .... Porém, uma mulher muçulmana não deve se casar com um homem  cristão porque sendo o homem a cabeça do lar, ele jamais irá conduzir os filhos para o Islam e os muçulmanos se preocupam muito com a salvação também... Claro que o homem cristão vai achar que não existe salvação fora de Cristo e essa convicção vai acabar fazendo a esposa e filhos " se perderem na fé " 

É necessário salientar também que o Islam não permite que ninguém force ninguém a entrar para o Islam OK!!! Se um certo grupo de pessoas comete essa imprudência é porque eles não estão devidamente enquadrados nos estatutos do islam!! Ao contrário, não tem conhecimento nenhum sobre nada e portanto acabam agindo por ignorância. Eu sou prova viva disso, pois em vários anos de casamento eu não recebi de meu marido nenhuma intimação para me unir a sua Fé ou usar o véu!! ISSO NÃO DEVE EXISTIR E SE CASO ALGUÉM TE IMPOR O ISLAM COMO RELIGIÃO OU FAZER ALGUM TIPO DE CHANTAGEM EMOCIONAL COM RELAÇÃO A SUA CONVERSÃO... CAIA FORA!!! Isso não existe mesmo tah!!! se atentem!

O homem muçulmano pode sim falar sobre o islam e citar coisas que ele acha interessante que você tome ciência, porém ele não deve dizer que se você não se converter vai te largar, porque isso não é algo permissível dentro da religião. Ao contrário, Allah não precisa de ninguém, somos nós que precisamos de Allah!

Mulheres que se envolvem com homens muçulmanos prestem atenção. O islam também nao permite sexo fora do casamento ou antes do casamento #ficadica#



O Namoro e o Sexo antes do Casamento:

O Islam não aprova as relações íntimas entre os sexos, e proíbe sexo antes do casamento, bem como sexo extraconjugal. O Islam encoraja o casamento como um escudo para tais tentações e como uma forma de obter amor, compaixão e paz mútua.

A interrupção voluntária da gravidez:

O Islam encara o aborto como assassínio e não o permite, só se for para salvar a vida da mãe. 
(Alcorão 17: 23-31, 6:151)

A homossexualidade e a Sida/Aids:

O Islam opõe-se categoricamente à homossexualidade e considera-a um pecado. Não obstante, os médicos Muçulmanos são aconselhados a tratar os seus pacientes com Sida/Aids  exatamente como tratariam os outros.


O Alcorão chama-lhes "O povo do Livro", aqueles que receberam as escrituras Divinas antes de Muhammad (a Paz esteja com ele). É dito aos Muçulmanos que os tratem com respeito e justeza, e que não entrem em conflito com eles, salvo se estes iniciarem as hostilidades ou ridicularizarem a sua fé. A esperança ulterior dos Muçulmanos é que todos se unam na adoração ao Deus único e se submetam à Sua Vontade.

"Deixemos que a divisa do diálogo civilizacional seja o ver. 83 do Cap. 2 do Alcorão que diz: "Falai com brandura a todas as pessoas", e deixemos que a finalidade do diálogo seja a de adquirir a liberdade tão vasta como o universo. "Cheguemos a termos comum entre nós e vós: que não adoraremos ninguém senão Deus; que não Lhe associemos nenhum parceiro; e que não aceitemos outros por senhores além de Deus: e se depois eles se afastarem, dize-lhes: 'sede testemunhas que nós (pelo menos) submetemo-nos à Vontade de Deus'." (Cap. 3, ver. 64)

Não, a poligamia no Islam é uma permissão, não uma injunção. Historicamente, todos os Profetas à exceção de Jesus, que não era casado, tinham mais de uma esposa. O fato de os homens Muçulmanos terem mais de uma esposa deriva da permissão que lhes é concedida no Alcorão, não para satisfação da luxúria, mas para o bem-estar das viúvas e dos órfãos da guerra. No período pré-Islâmico, os homens tinham habitualmente muitas esposas. Um tinha 11 esposas e quando se tornou Muçulmano, perguntou ao Profeta Muhammad (a Paz esteja com ele): "Que deverei fazer com tantas mulheres?" e ele respondeu: "Divorcia-te de todas, exceto quatro.

O Alcorão afirma: "podes desposar 2 ou 3, ou até 4 mulheres, desde que sejas igualmente justo com cada uma delas" (4:3). Dado que é dificílimo ser eqüitativamente justo para com todas as esposas, na prática, a maioria dos homens Muçulmanos não têm mais de uma mulher. O próprio Profeta Muhammad (Paz esteja com ele), entre os 24 e os 50 anos de idade, foi casado com uma só mulher, Khadija.

Na sociedade Ocidental, alguns dos homens com uma só esposa têm relações extraconjugais. Como tal, foi publicada uma sondagem na "U.S.A. Today" (4 de Abril de 1988, Secção D) que questionava 4.700 amantes acerca do estatuto que desejavam. Disseram "preferir ser uma segunda mulher a ser a 'outra', por não terem direitos legais, nem a igualdade financeira das esposas legalmente casadas, como se estivessem apenas a ser usadas por estes homens.".

ATENÇÃO. HOJE EM DIA A POLIGAMIA NÃO TEM MAIS CONSISTÊNCIA, UMA VEZ QUE A MULHER É SUFICIENTEMENTE CAPAZ DE CUIDAR DA PRÓPRIA VIDA E CUMPRIR COM SEU PAPEL NA SOCIEDADE SEM A AJUDA OU INTERFERÊNCIA DE ALGUÉM DO SEXO MASCULINO.

Não. Muito pelo contrário, o Islam elevou o estatuto das mulheres há 1429 anos, ao permitir-lhes o direito ao divórcio, à independência e apoios financeiros, e a serem identificadas como mulheres dignas (Hijab), quando no resto do mundo, incluindo a Europa, as mulheres não gozavam de nenhum destes direitos. "As mulheres no Islam são iguais aos homens e tem os mesmos direitos."

O Islam permite à mulher manter o nome de solteira depois do casamento, manter o dinheiro que ganha e gastá-lo a seu bel-prazer, e pedir a homens que a protejam de ser molestada na rua.

O Profeta Muhammad (a Paz esteja com ele) disse aos homens Muçulmanos: "O melhor de entre vós é aquele que é melhor para a sua família". Não é o Islam, mas sim alguns homens Muçulmanos que presentemente oprimem as mulheres. Isto deve-se aos seus hábitos culturais ou à sua ignorância sobre a religião que praticam.
















30 comentários:

  1. Salam Khadija, muito importante seus esclarecimentos obrigada pela responsabilidade e carinho que voce trata seus leitores e seguidores!

    ResponderExcluir
  2. Religião ainda é um grande dilema entre os casais neh. No fundo a maioria dos homens (seguidores de qualquer religião) acabam fazendo uma "chantagenzinha" emocional depois de casar dizendo coisas do tipo "eu te amaria muito mais se você fosse da minha religião", ou "vc seria muito mais bonita se andasse assim.." blá blá blá...mas é até natural. Realmente o problema chega se o cara quer forçar e diz que não se casará ou não ficará com a mulher se ela não se converter. Aí o bicho pega.

    ResponderExcluir
  3. Estou gostando muito de ler o que escreve,eu gosto de pessoas que se expresam com clareza e sinceridade,sou uma pessoa temente a Deus e uma estudiosa das religioes, fiz seminário teológico e hoje sou uma estudiosa do islam ja li o alcorao 2 vezes, as exegesis tanto do alcorao como da bíblia me fascinam.Posso concordar com vcoê que depois que passamos estudar o alcorao a Trindade passa a ser um tema complicado, mas tenho claro que o Deus que creo de forma alguma sendo Ele oniciente e onipresente nao mudaria tudo que falou aos judeus porque a bíblia é um livro histórico eu sinto mas o islam é uma grande mentira contado por uma pessoa com ótima oratória uma pessoa muito convicente um bom ouvinte e nao o digo por passar 23 anos ouvindo ao "anjo Gabriel" e sim por ser casado com uma judia e uma cristiana que por certo contou a ele história do seu povo.Ele faz uma confusao tremenda com fatos historicos com geanologias biblicas, apelando para os seus 50% cristiana e imagine Deus que criou uma mulher Eva para Adao um homen decidido a escolher como o último profeta um homem que casou com 12 mulheres uma dela uma criança e mais todas as escravas um homem que aconselha seus homens em guerra a estrupar as mulheres dos inimigos.Nao sei qual o Deus que você cre sendo cristiana mas tenho certeza que o meu nao usaria Mohammed como opçao de exemplo. Com trindade ou nao exemplo de homem nesta terra eu prefiro o de Jesus até mohammed preferiu leia como ele mesmo fala de Jesus em todo alcorao.Um texto sem contexto é apenas um pretexto.estude todo contexto histórico do alcorao estude a vida de mohammed estude busque toda informaçao e compara o que mohammed diz com a bíblia com fatos historicos do contexto bíblico e quando ler no alcorao citaçoes dos personagens bíblicos compare a veracidade eno mais BOA-SORTE na suas opçoes.Cleide

    ResponderExcluir
  4. Ola Cleide, me perdoe eu vi sua mensagem agora... to na correria mas logo volto a atualizar o blog.
    Olha só... Na realidade eu ainda sou cristã porque ainda nao fiz a Shahada.. então nao posso me titular muçulmana, porém após ler e estudar o islam eu fiquei com dúvidas muito sérias em relação a trindade e esse esta sendo a minha maior frustração. perdi completamente o conceito de que Deus é onisciente e ao mesmo tempo se dividiu em 3 .. isso esta complicado pra aceitar desde então.. Posso estar pecando de alguma forma ao pensar assim, mas de fato eu não sou hipócrita o bastante pra dizer que sou 100% muçulmana e nem tão pouco 100% cristã, Estou de uma forma decadente com minha espiritualidade e portanto, sinto que o islam condiz mais com o que eu acredito... Prega 1 unico Deus criador de tudo que há... Um Deus que desde o nascimento do Islam permaneceu exaltado pelo seu povo e nos coloca( as crituras ) como servos pq não devemos nos igualar a Deus, Lúcifer queria isso mas nós jamais podemos querer nos igualar a nosso Senhor. Somos peregrinos e sofredores nesta Terra com direito ao perdão e a uma recompensa no final... A vida nos testa, não estamos aqui a toa, acho que se a vida fosse perfeita então nao haveriam motivos pra nossa existência, Seria inútil viver se absolutamente tudo fosse como imaginamos, queremos ou pensamos. Deus é tão sábio que nos deu o livre arbitrio, justamente para que possamos ser donos de nossas escolhas e assim sermos livres mas ao mesmo tempo Ele limitou a nossa vida e nossas capacidades, pra saber que somos humanos. Então eu te pergunto... Em que posso acreditar quando vc fala de um Deus que trouxe a nós Jesus Cristo mas permitiu que Muhammad enganasse os filhos dele... Creio que toda essa influencia do Islam sobre as criaturas, bem como a " ditadura Islamica" sobre os servos de Allah não funcionaria em um mundo extremamente liberal, moderno e capitalista. Muhammad tinha o dom da palavra mas ele também tinha a palavra certa pra dizer as pessoas, assim como Jesus Cristo que também veio da parte de Deus... As esposas de Muhammad eram muitas, porém todas devotas a Allah e ele as guiou para a senda reta, Aisha se casou com ele por vontade própria e não teve sexo ao se casar, na verdade ele cuidava dela como filha na intenção de protegê-la, já que as mulheres sem marido da época eram tratadas como lixo humano.. e os soldados morriam em batalhas, portanto muitas mulheres perdiam seus esposos e sozinhas não podiam sobreviver.
    Bom oque to te falando é oque eu estudei acerca do tema que estamos abordando aqui. Saiba que eu amo a Deus acima de tudo e de qualquer religião assim como vc, mas sinto a necessidade de estar em hermandade... saber que um determinado grupo de pessoas pensam como eu e foi assim que me encontrei no islam... O islam é como eu sempre idealizei em uma religião e o fato do Al quran permanecer intácto e ter sido ditado por uma pessoa completamente analfabeta demonstra que tais palavras expressas por Muhammad na época vão além de uma boa capacidade de oratória... releia o al curão novamente, mas antes saiba que aquele homem não era capaz nem de escrever o próprio nome e mesmo assim ele falava de coisas que um ser humano comum não poderia desvendar pela força da capacidade humana que como eu disse a principio é limitada...
    De qualquer forma eu agradeço sua visita e sua abordagem sobre esse assunto, é importante debater para chegarmos a uma conclusão de idéias.. e vc ta certa em expor o seu ponto de vista dividindo conosco o seu conhecimento! muito obrigada! bjusss!!

    ResponderExcluir
  5. Amiga, achei que você fosse 100% convertida para o Islam, por conta da mudança de nome. Mas eu te entendo. E entendo mais ainda por estar mais pro lado do Islam.

    Uma dúvida, nestes casos, quando a esposa é cristã e o marido muslim: Como será a educação religiosa dos filhos?

    Grande beijo,
    Adoro seu blog!

    http://paquistanesaocidental.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Thalita tudo bem flor!!! Olha ... deixa eu te falar.... A mudança do nome ocorreu no dia do meu Nikkah, não precisei me converter pra adquiri o nome de Khadija, isso ocorreu no dia de meu casamento quando meu marido sugeriu este nome ao Imaan e o Imaan me perguntou se eu gostaria de aceitá-lo ( o novo nome ) a partir da consumação da nossa união e eu aceitei porque o nome Khadija me pareceu muito bonito. A história de Khadija também é fantástica, Khadija foi a primeira esposa de Muhammad, a que parmaneceu ao seu lado durante mais tempo então eu abracei este nome de coração.

    De qualquer forma ainda nao fiz a Shahada ( reversão para o Islam ) e apenas por isso me sinto vinculada ao cristianismo ainda... somente estudando até atingir um grau absoluto de certeza e partir para a doutrina permanente.

    Em relação aos filhos, na maioria dos casos eles serão guiados para o Islam mesmo que a mãe seja cristã... Qdo vc aceita se unir a um muçulmano vc ja esta aceitando esta realidade... filhos serão muçulmanos e se comportarão conforme a doutrina islâmica. O que é positivo, pois o Islam ensinará aos seus filhos a ter o máximo de respeito e devoção por vcs ( mãe e pai ).

    Grande beijo flor, obrigada por suas visitas a esse blog! :*

    ResponderExcluir
  7. yo iba a la iglesia adventista del 7 mo dia, empece a estudiar el coran, y adopte el islam, hoy visto con hijab, estoy ayunando en ramadan, estoy feliz, tengo paz que nunca antes senti.

    ResponderExcluir
  8. khadja eu tenho uma amizade de 5 anos com um paquistanes pela internet,eu sou muito apaixonada por ele.por favor,me de dicas do que fazer pra conquistar o coraçao dele.ele é muçulmano,eu sou evangelica.

    ResponderExcluir
  9. Cara Ligia, se passaram 5 anos .. não entendo oque o impede de tomar uma decisão em relação a vc... =( A religião é o menor dos problemas, uma vez que um muçulmano pode se casar com uma cristã... 5 anos e muito tempo! Veja se vale a pena mesmo insistir nesse caso...

    ResponderExcluir
  10. bom minha irma eu tenho uma paciencia de jó com ele,nao sinto vontade de desistir.nesses 5 anos de amizade,muitas coisas aconteceram.ja brigamos,ja fizemos as pazes.já brigamos de novo,em fim.só JESUS na minha causa,no momento estamos sem se falar.estou na minha,mas resolvi pegar umas dicas no seu blog a fim de que eu nao cometa nenhuma bobagem.

    ResponderExcluir
  11. Quem brinca com fogo, pode se queimar......

    ResponderExcluir
  12. Olá, Como vai?

    Tenho um relacionamento com um paquistanes a 3 anos moramos um ao lado do outro vizinhos então nossa relação se tornou comoda. A questão maior é que tanto ele como os amigos do paquistão bebem e muito...muito mesmo praticamente todos os dias. Ele se diz muçulmano bebe e fica agressivo. Sabe ele não diz que me ama mas tem atitudes de um marido. Não quer que eu sai de casa mas ele sai para ir beber. Não quer que eu telefone que eu pergunte. Sobre minha vida ele sabe de tudo mas eu da vida dele dos negocios ele nao diz nada. Ele tem um relacionamento com os amigos muito estranho sao capazes de dormir ao lado do outro na mesma cama. Vivem no celular falando o tempo td e sempre estao juntos, eu realmente acho muito estranho já ate pensei se sao gay. Não sei. Estou enlouquecendo com essa situação ele é bom de coração nao paga as minhas contas mas me ajuda quer dizer compartilhamos o almoço, janta...apesar que tem um ano que dexei de cuidar das coisas dele afinal nao sou esposa e estava vivendo como. As vezes me sinto usada. As vezes sinto que ele gosta de mim quando brigamos nao conseguimos ficar longe um do outro mais que um dia. Me apaixonei pela religiao, pelos costumes, por td mas vejo que ele devido a bebida e amizade nao aquilo que eu esperava. hoje não tem como eu mudar daqui e realmente vendo ele tds os dias nao consigo sair dessa situação. Não sei o que fazer......

    ResponderExcluir
  13. Oi Khadija, muito bom encontrar o teu blog, pois estou casada com um paquistanês a 2 meses e estou muito confusa em relação a religião. Ele é um amor, me ensina o Islam, mas não me obriga a nada, sempre paciente e amoroso. Estou achando que estou grávida, por isso as dúvidas aumentaram porque sei que os filhos do nosso casamento serão muçulmanos.
    Bom saber que temos com quem dividir nossos receios, dúvidas e felicides!!!

    ResponderExcluir
  14. OI Diario de uma dieta os filhos tem que seguir o Islam sim, mas nao se preocupe porque o islam e uma religiao linda e com principios baseados na familia, no respeito e no amor.

    ResponderExcluir
  15. Karine, a cultura deles e meio gay mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk meu marido tem um amiguinho que mais se parece uma amante daquelas bem atrevidas rsssss... mas nao sao gays nao, a maioria deles se comportam assim com os amigos =)

    ResponderExcluir
  16. Boa Noite! Eu sou portuguesa, vivo em Londres, e comecei a namorar um rapaz de quem gosto imenso e ele é muçulmano. Eu sou cristã sem nenhuma duvida da minha fé, frequento a igreja da Hillsong aqui em Londres, e cresci numa igreja batista me Portugal. Como é obvio esta diferença faz-me alguma diferença e ainda nao sei muito bem como lidar com ela. mas eu tenho apenas uma questao para si, isto obviamente se quiser me responder.... Quando a biblia fala de "ajuntar-mo-nos a jugos desiguais" o que isto significa para sim, sedo que de inicio voce era crista e agora esta a pensar converter-se?! eu estou apenas a perguntar porque nao quero abdicar do meu Deus. Obrigado :)

    ResponderExcluir
  17. Ola lili bom dia!!

    Amore eu tambem fui crista 100%, passei pela transicao e hoje me tornei 90% muculmana, a unica duvida que ainda me resta e apenas com relacao a morte de Cristo, que o islam a nega veementimente.... mas apos ter uma compreensao maior em relacao a isso poderei realizar minha Shahada tranquilamente.
    Trocar de religiao e complicado, nao e como trocar de roupa rss... E vc esta sendo muito cautelosa com isso porque eu sei que vc e uma pessoa muito temente a Deus =)
    Respondendo a sua pergunta sobre o jugo desigual, na verdade nem o Al'quran permite que uma mulher muculmana se unifique com um homem de outra religiao pelos mesmos motivos levantados na biblia... O homem tem maior influencia e autoridade sobre sua companheira e como chefe da familia, pode acabar levando ela e os filhos para a religiao dele e tirando ela da senda reta ( caminho de retidao )
    Saiba que Allah e o mesmo Deus dos cristaos... mas a palavra ALLAH significa Deus criador em arabe, assim como Shalon, Yeovah sao variantes do nome do Senhor altissimo, portanto jamais pense que o Islam adora um Deus diferente =)
    A biblia e o al corao sao livros sagrados, o al corao se baseia nas leis de Moises e reconhece como enviados todos os profetas citados na biblia, Allah criou Adao, Eva, todos os seres e o Universo, Ele deu principio a tudo, Ele e o Deus da biblia e a unica diferenca entre a nossa Fe e que adicionamos Jesus como filho de Deus tornando ele semelhante a Deus, mas no Islam essa tese nao e aceita, ja que Deus e Onipotente, Oniciente e nada se iguala a Ele porque Deus e o maior! Entenda bem esta diferenca e o principal pilar do Islam para que vc entenda em que se baseia a Fe Islamica.
    Eu, como crista sempre levantei varios questionamentos que somente apos conhecer o islam me foram esclarecidos, mas eu nao tenho o direito de chegar em vc e dizer que vc deve se converter so porque ama a um homem, pois no islam, ninguem pode forcar ninguem a acietar o islam .. Isso vai depender de vc, do seu coracao e nao de uma condicao imposta... Mas, se vc tiver o cristianismo muito forte em sua vida, deixe isso claro para seu namorado... eu me casei e fui aceita crista, o homem muculmano pode se casar com crista ou judia... entao se seu namorado for um bom muculmano ele vai ter que te respeitar e respeitar o seu amor por Jesus que e muito amado pelos muculmanos tambem. =)

    ResponderExcluir
  18. Olá querida, tudo bem?
    Exatamente como todas vcs me apaixonei por um senegalês , e ele é muçulmano.
    Ele vive no Brasil desde 2008, mas continua preferindo sua fé.
    Eu sou evangélica da Igreja Batista, nasci num lar cristão, creio na trindade e no Senhor Jesus como meu salvador, e realmente meu amor por Deus, Jesus e Espirito Santo, não vão mudar.
    Eu o aceito e ele me aceita assim, não vamos ter filhos prq eu não posso, e ele compriendeu perfeitamente, só que ele tem 29 anos e eu 45, porém o vejo com uma postura de um homem mais maduro e convicto, e vejo que isso vem do Islam.
    Mas, contudo, entretanto, todavia, kkkkkk, ele não bebe, e é bem radical com isso, mas fuma, e eu amooooo um bom espumante e um bom vinho, e isso pertuba ele.
    Estamos nos conhecendo, e ele me disse que quer casar comigo, que me escolheu como esposa, e com toda essa retórica, obviamente ele quer ter relação sexual comigo.
    Nunca morrou com nenhuma mulher, mas teve vida sexual ativa com todas as namoradas que teve.
    Ah, e ouvi dizer que o Islam permite ao homem que bata em sua esposa se ela discordar dele.
    Perguntei ao Gjiby e ele me disse que pode sim acontecer, mas ele jamais faria isso comigo, ou com qualquer outra mulher.
    Aguardo teu retorno, prq realmente estou muito confusa.
    Super bjo e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  19. Quer um conselho???? nao se deite com ele antes do casamento! Ele deveria se sentir orgulhoso com sua forma de preservar, todo muculmano sabe que sexo antes do casamento e HARAM!... sinceramente nao to entendendo qual e a dele!!! ??? Quer dizer que ele pode fumar, transar antes do casamento etc.. e vc nao pode nem mesmo tomar um espumante??? affff...

    ResponderExcluir
  20. Ola tudo bem? amei a sua postagem e confeço que estarei orando por voce tenho 18 anos nasci em um lar cristão sou da batista regular...
    Recentemente conheci um rapaz que me disse ser muçulmano, mas parece que nasceu nos estados unidos, acho que a familia dele pertece a esta religião, não sei ao certo.
    Enfim tenho feito algumas pesquisas sobre a religião, ele não se opoe a minha reliagião disse que nossa religião é parecida pois adoramos a Deus acima de qualquer coisa.
    estamos pretendendo nos ver em dezembro eu pretendo ir a new york, antes ele que viria ao brasil mas como a irmã dele esta gravida e eh o primeiro sobrinho dele não acho justo que ele use a unica semana de ferias da faculdade para vir aqui me ver quando a familia dele estara morrendo de saudades dele por ele ficar 6meses na faculdade.ele nao aceita q eu viaje sozinha quer que eu va com alguem.
    Enfim as vezes ele parece interessado diz que ira me ver e tudo ficamos trocando mensagens fofas e tudo mas á uma semana ele me disse que não queria ter um relacionamento a distancia pq ele ja teve e nao deu certo disse que se eu morasse perto ele nao pensaria 2x em namorar comigo,
    As vezes parece que ele se desinteressou mas sempre que esta online ele fala comigo.
    voce que é casada tem algum conselho pra que eu possa fazer com que ele volte a ter todo aquele carinho de antes, que confie em mim e sei la só gostaria que ele voltasse a ser atencioso como era, as vezes penso que ele deve estar com medo de levar tao a serio pq moramos tao longe um do outro.
    E quanto a voce vou estar orando por voce para que Deus acalme o seu coração e lhe de uma direção para que voce siga o caminho certo .
    um beijo,.

    ResponderExcluir
  21. Eu sou cristã evangelica. Sem nenhum duvida sobre jesus cristo ele e sim o salvado.digo a você ninguem pode ser 50%cristã e 50% mulçumano. E um coisa ou outra . A religião e um arma do diabo para confundi as pessoas porisso que você esta assim eu tenho 17 anos aceitei jesus cristo com14 anos mais eu era cartolica e passei a ser evangelica aos 14 anos e hoje eu posso dizer a minha religião e jesus cristo.

    ResponderExcluir
  22. E quando os filhos não querem seguir a religião do pai muçulmano?

    ResponderExcluir
  23. Muito bom esse blog! Eu estou namorando um muçulmano e a situação tá ficando cada vez mais estreita!

    ResponderExcluir
  24. Acredito que você está bastante equivocada quanto ao Alcorão pois eu mesmo tenho estudado bastante e se você observar bem seu profeta Mohammad só faz buscar defeitos na vida de Jesus chega até a dizer que Jesus teve uma missão muito limitada e um "curto" período de sacerdócio, não é verdade que os muçulmanos amam a Jesus. Quanto a um analfabeto falar bem isso não tem nada a ver com religiosidade ou dom dado por Deus enfim, uma pessoa pode não saber escrever mas ter o dom de saber falar bem, uma coisa independe da outra. Aliás se pesqusar melhor vai ver que o próprio profeta Mohammad afirmou que um profeta pode receber mensagens satanicas ás vezes, para ser provado, e o próprio profeta quis se matar pois queria se livrar da voz que ele ouvia sempre (o chamado anjo Gabriel) que lhe deixava angustiado muitas vezes. REFLITA UM POUCO> VC ACHA QUE UM VERDADEIRO ANJO DE DEUS PROVOCA SENSAÇÃO DE PAZ QUANDO SE APROXIMA DE UMA PESSOA OU DE ANGÚSTIA...
    SE FOSSE VOCE PESQUISAVA SOBRE A VIDA DE MOHAMMAD POIS A VIDA DELE FALA MAIS QUE QUALQUER ARGUMENTO. Um homem a quem foi pedida ajuda quando outros estavam reunidos ajudando os doentes e ao invés de ajudar ele foi lá e mandou queimar o local onde eles estavam reunidos. Nem ajudou e ainda mandou queimar tudo.

    ResponderExcluir
  25. Querida , VOCÊ NÃO É CRISTÃ ... Tome a sua decisão !
    JESUS ( o único Nome pelo qual importa que sejamos salvas ) não recebe 50 % do coração de alguém. Desde que você se tornou 50% de JESUS você passou a ser 100 % sem JESUS . Tome uma decisão radical e volte para DEUS . DEUS ,nosso PAI não é Allah! Eles NÃO SÃO a mesma pessoa . Não deixe que o diabo te engane irmã ! Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Olá Amada, eu sou evangélica da graça de Deus. Quero deixar bem claro que não tenho nada a ver com os evangélicos tradicionais.
    Gostaria de explicar um pouquinho apenas, pois não daria pra falar tudo aqui, sobre a Graça.
    Primeiro, a palavra Graça quer dizer o mesmo que misericórdia, que por sua vez quer dizer favor imerecido, que foi o sacrifício de Jesus por nós.
    Ponto 1- Trindade não existe. Você pode ler toda a biblia e não vai encontrar nada sobre trindade, essa palavra foi criada pelos católicos.
    Ponto 2- O livro de Isaías foi escrito 400 anos antes do nascimento de Jesus, o Profeta Isaías recebeu de Deus a revelação da vinda de Jesus, e de sua missão aqui na terra, como nosso libertador e salvador.
    Ponto 3- Livro de João Cap. 1: Fala do Verbo que era Deus e que se fez carne.
    Ponto 4- João cap. 14: Versículos 8,9 e 10 que prova que realmente Jesus era Deus feito homem.
    Ponto 5- A Graça foi revelada ao Apóstolo Paulo. E aí você pode perguntar que Graça é essa? E o que Jesus veio fazer por nós, nos libertar do pecado, para recebermos a salvação eterna. E muitos perguntam mas que pecado se eu nem era nascido, e ainda hoje pecamos? Vou explicar, quando Moisés tirou o povo do Egito e os levou para o deserto, ele tinha ali milhões de pessoas que ele teria que comandar, governar sobre eles, assim como nos dias de hoje temos que seguir as leis instituídas pelos governos, para que o povo não se perca e vire tudo uma grande confusão. Pois bem com a permissão de Deus, Moisés com a ajuda de seu sogro e de seu irmão, instituíram 613 leis. Mas com o passar do tempo Deus viu que não havia ninguem capaz de cumprir as 613 leis e se alguém deixasse de cumprir apenas uma, mesmo que tivesse cumprido todas as outras, por todas esse seria condenado, e perderia sua salvação, então quando eles pecavam ofereciam sacrificios de animais para perdão dos pecados, e esses animais tinham que serem puríssimos sem nenhuma mancha, começas a entender? Mas Deus via que muitos estavam se perdendo, e as leis não podiam ser mudadas, pois a palavra de Deus diz que a palavra de um Reis não volta atrás antes ela tem que ser cumprida. Então para que as 613 leis fossem revogadas antes teriam que serem cumpridas, mas só uma pessoa extremamente pura sem nenhuma mancha de pecado poderia cumprir as 613 leis! e assim libertar o povo do pecado da lei.
    E aqui na terra não havia ninguém sem a mancha do pecado, então Deus em sua infinita misericórdia, despojou-se de toda sua majestade e veio a terra nascido de uma mulher, como homem. (Só lembrando quando o anjo anunciou a Maria ele disse Você lhe porá o nome de Jesus, que será chamado filho de Deus, ou seja Ele não era filho, pois era o próprio Deus mas seria chamado, filho de Deus.) Ele Deus veio como homem para cumprir as 613 leis até a morte na cruz. E em sua morte ficamos livres da lei que nos fazia pecar e perder a nossa salvação. Bem a Graça passa a vigorar no novo testamento,( nova e eterna aliança que Deus fez com seu povo) Se mais o peso da lei, mas a suavidade da Graça de Deus. Agora para alcançarmos a nossa salvação não temos mais que sacrificar, apenas CONFESSAR Jesus como nosso senhor e salvador, Leia Mateus 10:32 nos confessamos, e não é como ensinam por aí dizendo que temos que receber Jesus em nosso coração. Jesus nos ensina que tudo que confessamos ou seja falamos com nossa boca será ligado por ele no céu, então nos Confessamos ou seja falamos com nossa boca em voz alta a Jesus como nosso salvador e senhor de nossas vidas, enfim Jesus é o nome de Deus homem, e aquele que o negar será também negado por Ele. Então Jesus é Deus e também é o espirito Santo que habita em nos. Ele é apenas UM o Grande EU SOU.
    Espero que tenha ajudado a esclarecer sua duvidas.
    Que a Graça e a Paz do Senhor Jesus inunde seu coração
    Regina Oliveira
    Facebook Regina Oliveira

    ResponderExcluir
  27. Tenho vivido algo parecido com tudo que li em seu blog,o meu Paquistao diz que ama minha alma e nao o meu corpo e que me quer de qualquer jeito.Também sou mais velha,tenho dois filhos e ele sabe e disse q falou pra mae dele que me ama e me quer de qualquer jeito.Só que descobrí no parto que contraí Aids e preciso dizer a ele...como eles reagem?Como digo...fizemos um pacto de falar sempre a verdade um para o outro.Ele sabe que nao posso mais ter filhos e ele diz que nao importa e sim o amor que sente por mim.Diz querer somente a mim e que nao se importa se sou crista ,mais velha ...etc.Me ajude,por favor.Ainda bem que te encontrei.

    ResponderExcluir
  28. Oi, eu me sinto tão feliz em ter achado teu blog, e por conhecidência o paki que eu converso é da cidade de Karachi. Li seu blog quase todo afim de obter orientações e respostas tambem. Confesso que encontrei, mais quando vi essa sua postagem fiquei extremamente feliz porque eu sou cristã tambem e ja vou te confeçando uma coisa que eu tambem sempre tive dúvida em relação a trintade e até a questão dos escolhidos, mas em relação a essas minhas duvidas, dou como resposta que Deus nos fala que as coisas ocultas apenas Ele nos revelará,o que Jesus fez é tão forte, tão incondicional, inimaginável, que nenhum fez o que Ele fez, ninguém amou como Ele amou, e fez isso sem nos conhecer, mesmo negando nossa fé nele por dúvidas como essa por exemplo mais Ele morreu por nós, e apesar de eu ser uma pessoa que devia zelar mais pelo nome de Jesus, eu confesso isso porque não sai do meu coração. Tudo por amor a nós, como nós desejamos sair da nossa zona de conforto em busca do nosso Paki, porque? Por amor sem exitar, só porque é por amor somente. Enfim, falei isso pq saiu até sem querer, porque na verdade eu queria tirar umas outras duvidas. Vou citar algumas: Bom eu converso com esse paki não tem muito tempo não, acho que uns dois meses mais ou menos, mais agente se fala com tanta frequencia que parece fazer mais tempo, agente se fala pelo whatsapp, manda fotos e videos todos os dias, ele é uma pessoa bem sucedid. Como Brasileira acostumada c costumes dos homens daqui confesso que as vezes sou injusta c ele, porque ele fala que me ama muito, e não quer largar de mim, isso porque ja mandei ele parar de me enviar mensagem, agente briga muito, alias eu sou a brigona, sei praticamente toda a rotina dele, mais eu ainda desconfio =( . O que me chama mais atenção nele é que eu não falo ingles, ele fala então tudo que eu escrevo desde sempre ele usa o tradutor pra se comunicar com migo, isso porque ele não fala portugues. sei que ele trabalha muito, é homem de negocios. Minha principal preocupação era pq eu imaginava que ele podia ter uma namorada ai, e tivesse me enganando, mais vi em seu blog que não é costume namorar aí. Ja perguntei a ele inocente pq ele ainda era solteiro, ele só falou porque sim. Ele me fala muita coisa linda, manda videos e musicas que tem a ver c agente. mais eu ainda fico c a puga atras da orelha. Eu queria muito falar com voce em tempo real, pelo facebook, sei la , pra eu poder te contar outras coisas, tirar outras duvidas, queria te contar coisas que ele me fala, pra vc poder mim dizer se procede sei laá. Precisando muito da tua ajuda, pq eu desconfio muito dele,, mais tenho medo de estar sendo injusta. Inclusive ele tem face tbm, o negocio que ele tem tem uma pagina no face tbm. Espero que vc me responda, estou MUITOOO ansiosa. BJOO

    ResponderExcluir
  29. Achei bonita sua explicação sobre a religião islâmica e o respeito com que a trata, afinal em geral as religiões tem belos preceitos. Sobre abandonar Jesus... não posso julgar, amar o Filho de Deus é uma decisão pessoal, amor é decisão e fé vai além de razão. Vc tem dúvidas, mas ter fé é acreditar mesmo sem ver. Sou católica, cristã, feliz com meu Pai, Seu FIlho e Seu Santo Espírito. Não tenha medo de castigos de Deus ou algo assim, Jesus é misericordioso e vai entender qualquer decisão que vc tome. Como diz madre Tereza de Calcutá: um cristão tem que ser bom cristão, um muçulmano tem que ser um bom muculmano, um hindú, um bom Hindú. Sò Deus conhece os coraçoes, seja uma boa pessoa, ame a Deus e ao próximo que você já vai estar fazendo a vontade de Jesus e de Seu Pai. bjs pra vc.

    ResponderExcluir